CONHEÇA A SIMBOLOGIA DOS ELEMENTOS NATURAIS DO JARDIM JAPONÊS






AS PEDRAS
As pedras têm vital importância no jardim japonês, conferem um ar de ambiente inato, e muitas vezes procuram simbolizar montanhas e paisagens miniaturizadas. Transmitem uma idéia de secularidade, especialmente as pedras encobertas pelo musgo e pela poeira impregnada pelos anos. Os formatos mais comuns são os arredondados, sugerindo a ação de desgaste pelo tempo. Dispostas de forma casual, compondo conjuntos isolados de pedras que combinam entre si. Em certos conjuntos utiliza-se uma pedra maior na vertical para simbolizar o Pai, uma pedra na horizontal que simboliza a mãe, e pedras menores espalhadas ao redor simbolizam os filhos.Para um jardim japonês, o mais importante em relação às pedras, é dispô-las informalmente, de maneiras a não deixar nenhum indício da influência humana. 



Pedras representando montanhas
Pedras de vários formatos dispostas naturalmente




A ÁGUA
O elemento água é essencial em um jardim japonês, representa a vida, e no sentido budista, a sábia adaptação a todas as circunstâncias.
Para um jardim de amplo espaço e orçamento, uma boa opção é uma cascata natural, sabiamente projetada por um paisagista, onde a água cai em um lago repleto de carpas KOI. 
Fonte Tsukubai

Para um jardim pequeno, um vaso Tsukubai representa sublimemente o elemento água. O fluxo constante da água renova a energia, e oferece um som terapêutico ao ambiente.



Lago com carpas KOI

Temos também a água bem representada no ”jardim zen”, onde as pedras grandes representam ilhas, e o cascalho branco representa o mar.

Pedras brancas simbolizando água

AS PLANTAS

As plantas são a alma do Jardim, proporcionando vida e frescor. As árvores altas provém a sombra, os arbustos nos trazem a beleza e o preenchimento de espaços vazios, proporcionando o equilíbrio Yin-Yang (cheio e vazio) no espaço do jardim.

Ambientes formais, com muita construção e formas geométricas, são harmonizados com plantas informais (tortuosas, finas, com formas pouco definidas – bambu, papiro, cavalinha, troncos finos e compridos).Bambús minimizando o peso visual do muro. Árvores finas minimizando o peso visual da construção ao fundo.


Ambientes informais, sem muita definição de forma, ganham sobriedade com plantas robustas e triangulares (Pinheiros, kaizuca, arbustos de topiaria).

Existem algumas espécies que são altamente usadas no jardim japonês, provém da tradição – o pinheiro Kuro-matusuo, a sakura, o bambú, o Junípero Kaizuca.






Para um jardim moderno, a escolha das plantas não precisa ser rigidamente ditada pelos padrões japoneses, uma vez que nosso país possui outro tipo de flora, e é consenso entre os grandes paisagistas que se deve explorar a flora nativa de cada região. Um bom exemplo é o Jardim Japonês de Belo Horizonte, onde o Paisagista Haruho Ieda soube aproveitar as árvores nativas, acrescentando arbustos e árvores pequenas, para complementar a paisagem.

Em geral, seguindo a linha de pensamento do paisagismo oriental, pode-se aconselhar:
* O jardim japonês procura criar uma paisagem o mais natural possível, sem indícios da influência humana, portanto nunca se deve plantar árvores ou arbustos de maneira ordenada, como uma plantação, as plantas tem que ser dispostas harmonicamente, mas de maneira a não criar um padrão. 
* A disposição simétrica também não é apreciada, e dê preferência a números ímpares. É conveniente que não haja nenhuma árvore plantada no centro geométrico do jardim, a exemplo da arte do Bonsai, que nunca é plantado no centro do vaso.
* Com relação às flores, devem ser discretas e em pouco número, muitos afirmam que não deve haver flores no jardim japonês. Isto porque as flores podem desviar a atenção, tornando-se a atração principal do jardim. O jardim japonês difere bastante do jardim ocidental nesta questão - o Jardim ocidental dá mais importância às cores e às formas (cheios de flores e topiaria em formas geométricas), enquanto o jardim Japonês tem como objetivo realçar a natureza inata e passar a idéia de secularidade.


MAIS DICAS DE PAISAGISMO JAPONÊS, VISITE O LANTERNA DE PEDRA  !












Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou desse post? Deixe um comentário pra gente. Você também pode recomendar no Google+ ou compartilhar em suas redes sociais.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...